Arquivo de tag alocação de trabalhadores

PorThe Sage

Década de 70. Estudos começam a apontar que a terra entrará em colapso em algumas décadas e isso precisa ser evitado.

Em “Co2: Segunda chance” os jogadores são grandes corporações tentando lucrar e fundar usinas de energia limpa, tentando evitar este colapso.

Ao mesmo tempo que cooperam, muitas vezes obrigados por um fim iminente, competem em várias frentes.

A empresa melhor sucedida, vence. Isso é medido por riqueza, conhecimento, desempenho em seminários científicos e certificados da ONU.

CO2 é uma reimplementação feita pelo autor, regras mais simples, modo totalmente cooperativo, mais bonito e com melhor iconografia.

A versão original já era um dos jogos mais bem conceituados do designer Vital Lacerda, famoso por seus designs pesados e extremamente temáticos.

Nesta versão o que vem na caixa é extremamente generoso. Praticamente 3 jogos em 1, CO2: segunda chance é uma ótima entrada em jogos pesados.

O jogo recomenda começar pelo jogo cooperativo, que, apesar de compartilhar muitas regras com o competitivo, tem uma pegada bem diferente.

Já o competitivo precisa do grupo certo. Um grupo que se comprometa a ir até o fim pra salvar a terra porque ele permite que alguém sabote tudo.

Bem temático, na minha opinião, essa característica pode gerar uma experiência negativa se jogado com esse tipo de jogador.

Recomendado para 1 a 4 grandes empresários a partir dos 12 anos, CO2 agrada a jogadores experientes em busca de jogos mais pesados.

Jogadores em busca de tema e imersão também encontrarão uma espetacular opção nesta obra prima de Lacerda.

“CO2: segunda chance” já se encontra disponível no ClubeNerd!

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

Impressione o rei com seu projeto de expansão do reino enquanto mantém seus trabalhadores fora da cadeia.

Em “Arquitetos do reino ocidental” você está no império Carolíngio, tentando chamar a atenção do rei.

Para tanto, anda em uma tênue linha entre a corrupção e a virtude.

Arquitetos é o primeiro jogo da trilogia do reino ocidental e traz uma alocação de trabalhadores com mecânicas interessantes.

Uma delas é a efetividade da ação ser proporcional ao número de trabalhadores no local da ação.

Como apenas um trabalhador é colocado por vez, isso representa quantas vezes usou aquela ação.

No entanto um grupo grande de trabalhadores pode significar uma conspiração e um adversário pode denunciá-los.

E aí entra a outra mecânica interessante: esses supostos conspiradores vão presos!

Você pode libertá-los da cadeia e assim você recupera trabalhadores, que, de outra forma, ficam no tabuleiro.

Isso faz com que recomece a usar aquela ação com o ganho inicial, te desacelerando, mas também permite que continue o jogo.

Um ciclo muito interessante que, bem utilizado, pode te render uma vitória nessa corrida.

A terceira mecânica interessante é você poder cortar caminhos e quebrar a lei, sonegar impostos e ser cobrado por isso ao fim do jogo.

Existem ações que tem retornos maiores porém te jogam pra baixo na trilha de virtude, mas contribuir com a igreja pode restaurar sua imagem.

Com muitos caminhos pra Vitória e uma jogabilidade simples e envolvente, Arquitetos é um ótimo jogo de alocação.

Recomendado para 1 a 5 arquitetos a partir dos 12 anos, pode ser jogado como um jogo de entrada.

Mas com regras avançadas, satisfaz jogadores com alguma experiência.

Arquitetos do Reino Ocidental já se encontra disponivel no ClubeNerd!

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

Largue a vida agitada e estressante da cidade e abrace o clima bucólico Islandês.

Em Reykholt você administra um restaurante, produzindo seus vegetais em estufas e servindo turistas.

Na vida real além das paisagens estonteantes, Reykholt é famosa pela produção de vegetais em estufas aquecidas geotermicamente.

No mais novo título do famoso designer Uwe Rosemberg, fazemos 3 ações por turno e colhemos de nossas preciosas estufas.

Em seguida tentamos alimentar o maior número possível de turistas e ganha quem servir mais clientes.

Essa corrida é a pontuação do jogo, podendo ser alterada por eventos no modo campanha.

O jogo começa simples, mas rapidamente evolue à medida que seus recursos se acumulam e as ações se tornam mais efetivas.

A produção da Galápagos possui 3 erros de tradução, 2 deles no manual, 1 no tabuleiro. Porém são facilmente corrigíveis:

  • O manual explica errado a ação bônus, que basicamente te dá os recursos de uma mesa que não consiga servir em seu turno e avança seu marcador.
  • Deixa de citar que uma vez no fim da trilha de pontos, você volta ao começo somando 5 vegetais ao que a mesa pede.
  • Já no tabuleiro para 1-2 jogadores uma ação lê: “Pegue um tomate e uma estufa de tamanho 3-4”, quando devia ser: “pegue um tomate e uma estufa aleatória”

Com essas 3 correções, os componentes e ilustrações são lindos, muitíssimo bem feitos e idênticos aos da versão internacional.

Reykholt vem com um tabuleiro dupla face e regras para 1-4 jogadores, escalonando perfeitamente e sendo um delicioso quebra-cabeça solo.

Vem ainda com módulos de eventos e um modo campanha que depois pode ser usado como regra opcional para uma partida.

Essa riqueza de modos e opções garantem uma estupenda rejogabilidade para 1 a 4 donos de restaurante a partir dos 12 anos.

Reykholt é um jogo que agrada a principiantes e experts em boardgames, sendo uma otima opção para mesas mistas.

Reykholt já se encontra disponível no ClubeNerd

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH