Autor The Sage

PorThe Sage

Um super vírus ataca começando a mais perigosa pandemia já vista na terra e você está na linha de frente para salvar o mundo.

Em Pandemic Legacy os jogadores desempenham papéis diferentes com um objetivo comum.

Essa versão do clássico Pandemic entrega uma experiência diferenciada e intensa através da mecânica Legacy.

Esta mecânica assusta muitos jogadores pois uma vez que o jogo vai progredindo, componentes e o tabuleiro mudam permanentemente.

Componentes secretos, regras extras, novos personagens, tudo vem em caixinhas lacradas a serem abertas mediante instrução do jogo.

Isso acarreta no jogo durar uma campanha e não poder ser jogado novamente, mas uma campanha dura em média 15 partidas intensas.

Ao fim da campanha o jogo pode ser jogado como um pandemic normal ou com um tabuleiro único, resultado de suas decisões durante a campanha.

Mecânicas diferentes, novos personagens, reviravoltas numa história muito bem escrita.

Tudo isso está incluso numa das melhores experiências do Hobby.

Recomendado para 4 heróis a partir dos 13 anos, Pandemic Legacy é hoje o 2º melhor jogo do mundo segundo o rank da bgg.

Pela natureza do jogo e da experiência, encorajo o grupo a dividir o valor do jogo e aproveitar cada momento.

Ao fim da 1ª temporada, tendo amado a experiência, uma 2ª temporada já encontra-se disponível.

No entanto, ela não é uma continuação direta, se passando muitos anos depois.

Pandemic Legacy ja encontra-se disponível no ClubeNerd!

Por ser um jogo Legacy, esta versão de Pandemic não faz parte da ludoteca do CN.

No entanto, versão clássica é uma ótima forma de decidir se essa é uma experiência para seu grupo.

Conheça e jogue Pandemic e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

PorThe Sage

Para os esquimós, Tukilik é uma construção que traz uma mensagem.

Dentre eles, os Inukshuk são marcos, indicando locais ou comemorando algo.

Em Tuki nós somos esquimós criando um Inushuk seguindo o esquema apresentado numa carta.

Todos temos as mesmas peças e neve para construir este inteligente quebra cabeça.

Num misto de velocidade de raciocínio e destreza, quem tiver a melhor visão espacial vence cada round.

Com uma jogabilidade descompromissada, leve, rápida e ainda assim extremamente interessante, Tuki promete muita diversão.

Recomendado pra 1 a 4 esquimós com qualquer nível de experiência a partir dos 8 anos, é um ótimo jogo familiar.

Misturando destreza, criatividade e raciocínio, faz um ótimo trabalho desenvolvendo essas caracteristicas em crianças.

Tuki se encontrará disponível em breve no CluebeNerd.

Enquanto isso conheça e jogue centenas de jogos em nossa ludoteca!

PorThe Sage

Que camelo sairá vencedor nesta corrida insana? Quanto vai apostar nesse palpite? A sorte está do seu lado?

Em Camel Up uma inusitada corrida de camelos está acontecendo e você está apostando.

Nela um camelo pode pegar carona em outro e um deles, enlouquecido, corre ao contrário, causando caos e muitas risadas.

Os jogadores escolhem entre modificar o caminho, apostar e fazer os camelos correrem.

Essa escolha cria um quebra-cabeças leve, divertido, muitas vezes hilário e perfeito para uma família se divertir.

Camel Up não é um jogo novo, já existe há anos inclusive no mercado nacional, mas uma segunda edição acaba de chegar.

Não apenas uma nova tiragem, mas regras melhores e uma melhora sensível em todos componentes e arte do jogo.

Camel Up é perfeito para 3 a 8 apostadores a partir dos 8 anos com qualquer nível de experiência.

Um dos mais simples e divertidos jogos de corrida e apostas já criados é diversão garantido para famílias e pequenas reuniões de amigos.

Camel Up segunda edição estará disponível em breve no ClubeNerd!

Enquanto isso venha conhecer e jogar a primeira edição e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

Um blackout acontece em Hong Kong e rapidamente as estruturas sociais começam a desmoronar.

As autoridades falham em reestabelecer a energia e serviços, hospitais e suprimentos deixam de atender a população.

Este é o cenário que a ajuda humanitária e um exército de socorristas vai encontrar.

Os jogadores controlam um time de profissionais empenhados em reestabelecer a ordem e ajudar a população.

Blackout:Hong Kong é recomendado para 1 a 4 socorristas a partir dos 14 anos experientes em boardgames.

Nele o aclamado designer Alexander Pfeister revisita a fórmula de seus mais aclamados jogos.

Usa de um deck bulding similar a “Mombasa” mas se aprofunda usando-o como requisito pra cumprir objetivos.

Usa ainda mancala e rondel como mecânicas, além de controle de área e exploração.

Este conjunto faz com que esse seja seu jogo mais complexo até o momento.

Com isso exige que o jogador planeje com precisão como gerir seus escassos recursos.

Com cerca de três horas de jogo envolvente, temático e complexo, Blackout agradará a todos que procuram um jogo pesado.

Blackout: Hong Kong se encontrará disponível em breve no ClubeNerd!

Enquanto isso, conheça e jogue centenas de jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

Década de 70. Estudos começam a apontar que a terra entrará em colapso em algumas décadas e isso precisa ser evitado.

Em “Co2: Segunda chance” os jogadores são grandes corporações tentando lucrar e fundar usinas de energia limpa, tentando evitar este colapso.

Ao mesmo tempo que cooperam, muitas vezes obrigados por um fim iminente, competem em várias frentes.

A empresa melhor sucedida, vence. Isso é medido por riqueza, conhecimento, desempenho em seminários científicos e certificados da ONU.

CO2 é uma reimplementação feita pelo autor, regras mais simples, modo totalmente cooperativo, mais bonito e com melhor iconografia.

A versão original já era um dos jogos mais bem conceituados do designer Vital Lacerda, famoso por seus designs pesados e extremamente temáticos.

Nesta versão o que vem na caixa é extremamente generoso. Praticamente 3 jogos em 1, CO2: segunda chance é uma ótima entrada em jogos pesados.

O jogo recomenda começar pelo jogo cooperativo, que, apesar de compartilhar muitas regras com o competitivo, tem uma pegada bem diferente.

Já o competitivo precisa do grupo certo. Um grupo que se comprometa a ir até o fim pra salvar a terra porque ele permite que alguém sabote tudo.

Bem temático, na minha opinião, essa característica pode gerar uma experiência negativa se jogado com esse tipo de jogador.

Recomendado para 1 a 4 grandes empresários a partir dos 12 anos, CO2 agrada a jogadores experientes em busca de jogos mais pesados.

Jogadores em busca de tema e imersão também encontrarão uma espetacular opção nesta obra prima de Lacerda.

“CO2: segunda chance” já se encontra disponível no ClubeNerd!

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

Impressione o rei com seu projeto de expansão do reino enquanto mantém seus trabalhadores fora da cadeia.

Em “Arquitetos do reino ocidental” você está no império Carolíngio, tentando chamar a atenção do rei.

Para tanto, anda em uma tênue linha entre a corrupção e a virtude.

Arquitetos é o primeiro jogo da trilogia do reino ocidental e traz uma alocação de trabalhadores com mecânicas interessantes.

Uma delas é a efetividade da ação ser proporcional ao número de trabalhadores no local da ação.

Como apenas um trabalhador é colocado por vez, isso representa quantas vezes usou aquela ação.

No entanto um grupo grande de trabalhadores pode significar uma conspiração e um adversário pode denunciá-los.

E aí entra a outra mecânica interessante: esses supostos conspiradores vão presos!

Você pode libertá-los da cadeia e assim você recupera trabalhadores, que, de outra forma, ficam no tabuleiro.

Isso faz com que recomece a usar aquela ação com o ganho inicial, te desacelerando, mas também permite que continue o jogo.

Um ciclo muito interessante que, bem utilizado, pode te render uma vitória nessa corrida.

A terceira mecânica interessante é você poder cortar caminhos e quebrar a lei, sonegar impostos e ser cobrado por isso ao fim do jogo.

Existem ações que tem retornos maiores porém te jogam pra baixo na trilha de virtude, mas contribuir com a igreja pode restaurar sua imagem.

Com muitos caminhos pra Vitória e uma jogabilidade simples e envolvente, Arquitetos é um ótimo jogo de alocação.

Recomendado para 1 a 5 arquitetos a partir dos 12 anos, pode ser jogado como um jogo de entrada.

Mas com regras avançadas, satisfaz jogadores com alguma experiência.

Arquitetos do Reino Ocidental já se encontra disponivel no ClubeNerd!

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

Invente rapidamente uma história olhando algumas figuras e compartilhe essa experiência!

Contar histórias foi uma habilidade desenvolvida pelos humanos responsável por boa parte do que nos tornamos.

Rory’s story cubes buscam incentivar o exercicio dessa atividade, sendo ideais para desenvolver criatividade diariamente.

São uma ferramenta criada por Rory O’Connor, especialista em treino de solução criativa de problemas.

Desde sua criação esses dados se espalharam pelo mundo, sendo usados por psicólogos, professores e profissionais criativos.

São ideais para uso familiar, incentivando crianças a interagir, perder a timidez, melhorar o vocabulário e a criatividade.

Mais uma atividade que um jogo em si, várias regras são utilizadas para utilizar os dados ludicamente e você pode criar seu próprio jogo utilizando-os.

  • A primeira simplesmente te incita a criar uma história curta usando seus 9 dados. A melhor história vence.
  • Ainda sugerida, colocar os dados no display criando uma relação entre eles e os outros jogadores precisam descobrir essa relação.
  • Outra forma é rolar os dados e, em turnos, escolher um e contar uma parte de uma história, que deve ser continuada pelo próximo jogador.
  • Em três jogadores, com diversos sets, jogadores podem puxar 6 dados de um saco e rolá-los, usando os resultados pra contar uma parte de uma história.

Neste modo, cada jogador é responsável pelo começo, meio ou fim de uma história épica.

Essa incrível ferramenta é recomendada como exercício para qualquer família e pode ser uma excelente atividade de festa.

Rory’s Story cubes já estão disponíveis em 3 temas no ClubeNerd!

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

Largue a vida agitada e estressante da cidade e abrace o clima bucólico Islandês.

Em Reykholt você administra um restaurante, produzindo seus vegetais em estufas e servindo turistas.

Na vida real além das paisagens estonteantes, Reykholt é famosa pela produção de vegetais em estufas aquecidas geotermicamente.

No mais novo título do famoso designer Uwe Rosemberg, fazemos 3 ações por turno e colhemos de nossas preciosas estufas.

Em seguida tentamos alimentar o maior número possível de turistas e ganha quem servir mais clientes.

Essa corrida é a pontuação do jogo, podendo ser alterada por eventos no modo campanha.

O jogo começa simples, mas rapidamente evolue à medida que seus recursos se acumulam e as ações se tornam mais efetivas.

A produção da Galápagos possui 3 erros de tradução, 2 deles no manual, 1 no tabuleiro. Porém são facilmente corrigíveis:

  • O manual explica errado a ação bônus, que basicamente te dá os recursos de uma mesa que não consiga servir em seu turno e avança seu marcador.
  • Deixa de citar que uma vez no fim da trilha de pontos, você volta ao começo somando 5 vegetais ao que a mesa pede.
  • Já no tabuleiro para 1-2 jogadores uma ação lê: “Pegue um tomate e uma estufa de tamanho 3-4”, quando devia ser: “pegue um tomate e uma estufa aleatória”

Com essas 3 correções, os componentes e ilustrações são lindos, muitíssimo bem feitos e idênticos aos da versão internacional.

Reykholt vem com um tabuleiro dupla face e regras para 1-4 jogadores, escalonando perfeitamente e sendo um delicioso quebra-cabeça solo.

Vem ainda com módulos de eventos e um modo campanha que depois pode ser usado como regra opcional para uma partida.

Essa riqueza de modos e opções garantem uma estupenda rejogabilidade para 1 a 4 donos de restaurante a partir dos 12 anos.

Reykholt é um jogo que agrada a principiantes e experts em boardgames, sendo uma otima opção para mesas mistas.

Reykholt já se encontra disponível no ClubeNerd

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

Aventure-se pela terra média, enfrente dificeis batalhas, rastreie e elimine as forças de Sauron.

Em “Senhor dos anéis : Jornadas na terra média” você tem essa oportunidade de uma forma mais imersiva que qualquer interação anterior.

Em um jogo totalmente cooperativo, os personagens exploram terreno gerado aleatoriamente para uma aventura por um aplicativo.

É um jogo de campanha, perfeito para grupos de jogo fixos viverem uma experiência intensa com a mesma configuração.

Essa geração aleatória de terrenos e encontros garante uma boa rejogabilidade, mesmo vivendo a mesma aventura.

Senhor dos Anéis melhora as mecânicas criadas para outro grande sucesso, o Mansions of madness.

Retira os dados e os substitue por um inteligente deck building e melhores escolhas.

A produção é luxuosa, peças bem desenhadas, belas miniaturas e o aplicativo funciona perfeitamente, fornecendo, inclusive, música de fundo.

Senhor dos Anéis é recomendado para 1 a 5 bravos aventureiros a partir dos 14 anos com qualquer nível de experiência.

Jornadas na terra Média já se encontra disponível no ClubeNerd.

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH

PorThe Sage

No Japão mítico você é um poderoso daimyo se unindo a Kamis e Onis para que seu clan esteja à frente do império.

Em Rising Sun, Kamis e Onis, Deuses e demônios orientais, invadem a terra para moldá-la a seu gosto.

Alianças são formadas e quebradas, honra colocada em jogo, apoio de poderosos Kami disputados.

Tudo no jogo ocorre através de leilões, blefes, alianças e traições.

Rising Sun é considerado por muitos um sucessor de “Blood Rage”, mas é um jogo totalmente diferente, focando nessas interações e não no combate.

Uma coisa têm em comum: algumas das mais belas e detalhadas miniaturas já criadas e uma produção tremendamente bem elaborada.

Rising sun foi lançado primeiramente através de financiamento coletivo com expansões e muitos exclusivos.

No Brasil, a produção da Galápagos jogos é idêntica à versão comercial internacional.

E agora chegam ao Brasil as primeiras expansões desse grande sucesso: “Liberação dos Kami” e “invasão da dinastia”.

Liberação dos Kami traz estes seres, antes representados como entidades fora do alcance mortal, direto para a guerra.

Novos poderes e táticas interessantes enriquecem grandemente o jogo, sendo uma expansão indispensável aos fãs do base.

Já Invasão da Dinastia traz dois clans completos permitindo um sexto jogador e uma maior variedade de táticas e interações.

Recomendado para 3-5 damyos (6 com a expansão) a partir dos 14 anos, Rising sun é um jogo complexo, ideal para quem já tenha experiência.

Rising sun e suas expansões já se encontram disponiveis no ClubeNerd!

Venha conhecer e jogar este e centenas de outros jogos em nossa ludoteca!

Fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos jogos de tabuleiro!

Siga-nos nas redes sociais:Facebook/ClubeNerdBH | Instagram/ClubeNerdBH